A Mente, o Corpo e Eu


A mente, o corpo e eu

A mente deseja continuar pensando e criando 
O corpo exausto, já está sucumbindo e adormecendo 
Ambos querem suas vontades, estão reclamando 
E eu aqui no meio, com paciência entendendo 
De que a mente é incansável, sempre emanando 
Enquanto que o corpo é entrópico, sempre padecendo 
Mas para que a mente continue inventando 
O corpo clama descanso, e vai amortecendo 
Ainda bem que a mente aceitou, ainda que choramingando 
Que o corpo saísse por um tempo, do despertar se suspendendo 
Ambos satisfeitos, fico aqui vibrando 
Pois para a alegria da criação e o do repouso, estou sempre cedendo.
 (Tadany – 17 07 11) 

PS: Para citar este texto: 
Cargnin dos Santos, Tadany. A mente, o corpo e eu. www.tadany.org® 




google.com/+TadanyCargnindosSantos

FacebookLinkedin

A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)


--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário