Bom Dia - 15.05.17

   http://marcosianoski.blogspot.com.br/


Procuras...!?
 
Das águas mansas do lago de Genesaré parecia-lhe emanarem suavíssimos 
perfumes, casando-se deliciosamente aoa aroma agreste da folhagem.

Foi nesse instante que, com o espírito como se estivesse sob o império de 
estranho e suave magnetismo, ouviu passos brandos de alguém que buscava 
aquele sítio.

Diante de seus olhos ansiosos, estacara personalidade inconfundível e única. 
Tratava-se de um homem ainda moço, que deixara transparecer nos olhos, 
profundamente misericordiosos, uma beleza
suave e indefinível. Longos e sedosos cabelos molduravam-lhe o semblante 
compassivo,como se fôssem fios castanhos, levemente dourados por luz 
desconhecida. Sorriso divino, revelando ao mesmo
tempo bondade imensa e singular energia, irradiava da sua melancólica e 
majestosa figura uma fascinação irresistível.

Públio Lentulus não teve dificuldades em identificar aquela criatura 
impressionante,mas, no seu coração marulhavam ondas de sentimento que, até 
então eram ignorados. Nem a sua apresentação
a Tibério, nas magnificências de Capri, lhe havia imprimido tal emotividade 
ao coração. Lágrimas ardentes rolaram-lhe dos olhos, que raras vezes haviam 
chorado, e força misteriosa e invencível fê-lo
ajoelhar-se na relva lavada em luar. Desejou falar, mas tinha o peito 
sufocado e opresso. Foi quando,
então, num gesto de doce e soberana bondade, o meigo NAZARENO caminhou para 
ele, qual visão
concretizada de um dos deuses de suas antigas crenças, e, pousando 
carinhosamente a destra em
sua fonte, exclamou em linguagem encantadora, que Públio entendeu 
perfeitamente, como se ouvisse o idioma patrício, dando-lhe a inesquecível 
impressão de que a palavra era de espírito para espírito, de coração para 
coração:

- Senador, porque me procuras?

(Obra: Há 2000 anos...   -  Chico Xavier/Emmanuel))


******


Sublime Encontro

Se procuras o CRISTO Soberano,
Por excelso refúgio às proprias dores,
Busca, hoje e amanhã, por ondes fores,
O torturado coração humano.

Desce ao vale dos grandes amargores,
Onde revelam sofrimento insano,
A aflição, a miséria e o desengano,
Entre flagelos purificadores.

Desce a feição do sol na noite fria,
Guardando a caridade por teu guia,
Ajudando e servindo cada hora...

E, ante a luz da Divina Primavera,
Encontrarás o CRISTO que te espera,
Crucificado em cada ser que chora.

(Obra: Poetas Redivivos  -  Chico Xavier/Auta de Souza)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as 
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de 
nossa morte. Amém.


******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o 
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão 
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como 
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, 
mas livrai-nos do mal. Amém.

JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário