Esta tristeza transitiva e indefinida

 

Esta tristeza transitiva e indefinida

 

Esta tristeza transitiva e indefinida

Carente de um esclarecedor complemento ou uma definição

Preenche o dia com uma melancolia doida e desinibida

Que avassala a alma, deixando-a torpe, numa profunda inanição

 

E, no seu rastro, a angústia surge cegamente

Sem saber o porquê, nem quem é, tampouco de onde vem

Talvez seja resquício dalguma mágoa vivida preteritamente

Ou desesperança de um futuro solitário, sem ninguém

 

Sua veemência é sutilmente ardente e solidamente impetuosa

Pois ela impede a percepção de qualquer distinta realidade

Então sucumbo, morro na cama, assolado por essa impudência indecorosa

Transitivia e indefinida, impostos descabidos, nefasta facticidade. 

(Tadany – 10 02 12)

 

PS: Para citar este texto:

Cargnin dos Santos, Tadany. Esta tristeza transitiva e indecorosa. www.tadany.org®

 

 





A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)





--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário