O Vício

 

O Vício

 

O vício é, psicologicamente falando, uma fuga. Uma escapatória medrosa de uma realidade que erroneamente interpretada resulta numa desilusão intensa. Uma situação cognitivamente tão impetuosa que é necessário encontrar uma maneira de ignorá-la. Sentenciá-la ao profundo abismo do esquecimento. Padecimento. No entanto, o zelo da realidade é tão indelével que, mesmo frente as mais adversas circunstâncias, ela teima em voltar. Serena. Perene. Obstinada. Quando confrontado com esta impetuosa força, o vício sente-se frágil. Mas, mesmo em sua fragilidade, persiste. Algumas vezes ele se regozija com a pretensão de vencer aquilo que evita. No entanto, enquanto ele clama vitória, a realidade o ignora e, sem pesar, algumas vezes lhe clama a própria vida. Querida. Psicologicamente Enfraquecida. Viciosamente Destruída. (Tadany – 09 02 11)

 

PS: Para citar este texto:

Cargnin dos Santos, Tadany. Pensamento 739. www.tadany.org®

 






A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)



--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário