Ex Animo - N° 63

 

Ex Animo - N° 63

 

Ao inspirar o robusto ar numa manhã de outono

Entendi que aquela mesma saudável substância

Era a que preenchia a essência de todas as pessoas

Por todos os lugares deste admirável planeta

Então, naquele lúcido e revelador momento,

Percebi a sutileza e a magia da manifestação

Que o Senhor inteligentemente nos brinda

Assim, parei por um infinito segundo

Olhei para os lados e orei em profundo agradecimento

E com minha oração vieram luzes de entendimento

E com o entendimento veio o discernimento sobre a natural ordem

E com a natural ordem apareceu a chave que abre as portas do paraíso

E com a chave adentrei no caminho que sublima e liberta

E com a liberdade desprovi-me das amarras da ignorância

E sem a ignorância consegui sair do abismo da mortalidade

E isento desta efêmera condição pude peregrinar nEle

E ao peregrinar nEle vivi todo o frescor daquela inesquecível manhã de outono. (Tadany – 02 01 09)

 

 PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany. Ex Animo - N° 63 www.tadany.org®

 





A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)





--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário