Ex Animo - N° 147

 

Ex Animo - N° 147

 

Um rei desambicioso de seu reino

Um solitário que não se sente só

Um pobre que não sabe mendigar

Um sábio despretensioso de fama

Um rico que reconhece suas pobrezas

Um virtuoso que não impõe suas virtudes

São naturais magnetos

Que atraem minha alma e fascinam minha existência. 

(Tadany – 06 06 11)

 

PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany. Ex Animo - N° 147. www.tadany.org®

 

 





A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)




--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário