O Passado do Cônjuge


O Passado do Cônjuge

Num relacionamento, é preciso ser grande e nobre para poder acolher o passado do cônjuge, pois a maioria das pessoas carregam consigo memórias de situações indesejáveis, ou desagradáveis. Então, quando num novo relacionamento, às vezes, um olhar, um gesto, uma frase ou um comportamento são o suficiente para disparar uma inesperada avalanche de reações da outra pessoa que, naturalmente, não tem muito a ver com o cônjuge atual, nem com o momento per se, mas que foi uma reação causada por uma memória, a qual foi superimposta tanto na situação quanto na companhia atuais. Em outras palavras, na arte de relacionar-se é preciso estar preparado para as inesperadas lufadas de lembranças pretéritas que assoprarão no presente da vida do casal e que não estão relacionadas com a nova vida. O desentendimento destas possibilidades, frequentemente, é o vento que, se não entendido e conversado, leva muitos relacionamentos à deriva de seus destinos iniciais. 
(Tadany - 22 08 15) 

PS: Para citar este Pensamento: 
Cargnin dos Santos, Tadany. O Passado do Cônjuge. www.tadany.org ® 




google.com/+TadanyCargnindosSantos

FacebookLinkedin

A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)



--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário