Revelando-me


Revelando-me

Na cega e ávida perseguição ao efêmero prazer 
Aprisionei minha alma num lúgubre e doloroso entardecer 
Na lúcida sapiência de minha natureza entender 
Libertei-me em vida, tornei-me eterno antes do corpo perecer. 
(Tadany – 02 06 12) 

PS: Para citar este Poema: 
Cargnin dos Santos, Tadany. Poema 760. www.tadany.org ® 



A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário