Você reencarnou para ser guerreiro. Sua vida é de luta. (Regis Mesquita)

Você reencarnou para ser guerreiro. Sua vida é de luta.








Momentos antes do espírito partir rumo à reencarnação os espíritos mais evoluídos (que acompanham o processo do renascer) disseram:

- preparado para ir à luta? Se esforce para conquistar seus objetivos nesta nova encarnação.

A fala acima é figurativa. É um exemplo da importância que a reencarnação tem para o plano espiritual. O retorno do espírito ao corpo é preparado com muito cuidado.

Explicando melhor:

A reencarnação é um momento curto, mas muito importante na vida do espírito.É o momento em que são escolhidos os desafios que ele deverá vencer e é preparada as condições de vida que terá.

Todo ser humano nasce com objetivos a serem cumpridos – são as missões de vida (leia mais neste texto e neste texto). Ele, portanto, nasce para evoluir; tornar-se melhor.

Ele nasce para enfrentar uma realidade. Nesta realidade estão oportunidades, dificuldades, limites e facilidades. Basicamente, cabe ao espírito aproveitar as oportunidades e facilidades para desenvolver habilidades e qualidades que serão muito úteis no momento de enfrentar as dificuldades e superar os limites.

A escola, por exemplo, é uma oportunidade. A criança que aproveita esta oportunidade aprenderá mais. Além de aprender, desenvolverá várias outras qualidades. Por exemplo: disciplina, perseverança, tolerância à frustração, capacidade de concentração, etc. O aprendizado das matérias escolares somadas a estas outras qualidades serão fundamentais para superar dos desafios que terá no futuro, por exemplo, em seu trabalho.

Aproveitar as facilidades e as oportunidades significa não permitir que defeitos, condicionamentos negativos, desvios ou fraquezas dominem a vida da pessoa. Sempre existirá um  ENFRENTAMENTO. É, por isto, que você deve se ver como um guerreiro.

Você é um conjunto de potenciais negativos e positivos. Se você desenvolver seus potenciais positivos, enfrentará a vida com mais “armas”; portanto, terá mais facilidades. Se permitir que seus potenciais negativos dirijam a sua vida terá mais dificuldades.

Imagem simbólica: uma vez nasceu um bebê tão preguiçoso que teve preguiça de aprender a andar. Quando tinha 10 anos de idade ainda engatinhava. Foi nesta época que surgiram as primeiras dores no pescoço. Aos 20 anos teve que operar porque seu pescoço estava deformado.

A estória irreal acima mostra que a entrega aos potenciais negativos (a preguiça) gera dificuldades e sofrimentos em sequência. A pessoa pode aproveitar as dificuldades para gerar qualidades positivas, como pode usar as dificuldades para reforçar as qualidades negativas (leia mais aqui).

O que acontece quando a pessoa desenvolve habilidades e qualidades nobres (positivas)?

1º- ela gera facilidades. Por exemplo: é muito mais fácil se deslocar apoiado nos pés do que engatinhando. É muito mais fácil superar um desafio com disciplina do que sem disciplina.

2º - o desenvolvimento de qualidades e habilidades nobres devem servir para o desenvolvimento de outras qualidades e habilidades nobres. Ou seja, desenvolver a completude.

Completude: é a busca por ser completo. Um ótimo pai pode ser um péssimo patrão. Uma pessoa paciente pode ser relaxada no trabalho. Uma pessoa estudiosa pode ser relapsa na administração financeira.  A completude vai sendo conquistada à medida que a pessoa identifica suas limitações e luta para superá-las. É o guerreiro que sempre busca melhorar.

Observe: a pessoa desenvolveu seus potenciais e usufruiu bem das suas oportunidades. Ela, portanto, gerou muitas facilidades, qualidades e habilidades em sua vida. Ela vai usufruir de suas vitórias. Por outro lado, estas conquistas devem ser o ponto de partida para novas e maiores objetivos.

REGRA DE OURO: um positivo deve gerar outro positivo. Se não gerar outro positivo, irá gerar um negativo.

A vida continua sempre. Nada é eterno e imutável (leia mais aqui). A vida é um fluxo que não para nunca. Deus organizou a vida desta forma para dificultar a acomodação; afinal, você nasceu para enfrentar – por isto é um guerreiro.

Imagem simbólica: com muita disciplina, senso de dever, estudos e trabalho uma pequena loja tornou-se um grande magazine. O dono tornou-se rico e poderoso. Ser rico e poderoso se transformou em um desafio: era urgente desenvolver a humildade e a benevolência. Estas qualidades agiriam para manter o equilíbrio em sua vida. Ele poderia ser disciplinado, trabalhador, bom administrador, benevolente e humilde. Estas duas novas qualidades não permitiriam que ele fosse cada vez mais ganancioso, mais sedento de poder e, por fim, tornar-se uma pessoa inescrupulosa. Infelizmente, ele não desenvolveu as qualidades nobres, por isto desenvolveu as negativas.

O guerreiro deve saber que a conquista de qualidades e habilidades nobres é o convite para estabelecer novas metas a serem atingidas – novas habilidades e qualidades para manter o equilíbrio e seguir rumo à completude.

Um erro muito comum são pessoas lutadoras, que conquistaram muitos benefícios na vida, é se acomodarem. Ao se acomodarem passam a viver das suas vitórias do passado e a cultivarem novas negatividades. Cada fase da vida e cada mudança na vida geram novas necessidades de aprendizados. O bom pai que vê seus filhos crescidos e bem encaminhados terá a consciência tranquila e, ao mesmo tempo, novos desafios desta  nova fase. O guerreiro que há neste pai deve continuar ativo e encarar de frente algumas limitações pessoais que podem ser superadas nesta fase. O espírito que está encarnado necessita de aprendizado. O espírito necessita gerar situações propícias para que as boas experiências e os bons exemplos continuem acontecendo no presente.

Mantenha sua mente no presente, sempre pensando: como posso superar meus desafios? Como posso desenvolver qualidades e habilidades que serão úteis em todas as minhas encarnações? Como posso ajudar, gerar justiça e bons exemplos?

Se esforce sempre para ser eficiente. Porque a suprema bondade começa com a eficiência. Faça tudo bem feito e cada vez que algum pensamento, desejo ou emoção quiser te tirar do caminho do fazer bem feito saiba que ali está uma boa luta a ser travada para superar suas limitações e ampliar sua vida com facilidades e sabedoria.

Cada passo que der, deverá ser rumo à completude. É assim que se mantém o equilíbrio e chega-se ao ideal: um positivo deve gerar outro positivo.

Você nasceu para ser um guerreiro. E o guerreiro não escolhe todas as lutas que travará. Ao contrário, na maior parte das vezes é a vida que mostra qual a sua real batalha. Lembre-se: as batalhas mais importantes serão aquelas que a realidade te mostrar. Uma mulher queria muito passar em um concurso público, mas sempre sofria com a dispersão mental. A falta de concentração diminuía suas chances. Ela não teve escolha, para passar no concurso teve que lutar para desenvolver a qualidade da concentração. Ela se tornou uma pessoa melhor, com a capacidade de se concentrar. Esta antiga dificuldade que se tornou uma nova habilidade/facilidade propiciou para ela vários ganhos ao longo da vida. A realidade mostrou o que ela tinha que melhorar; ela se observou, observou a realidade e fez a escolha certa: é esta dificuldade que tenho que lutar para superar.

Você, guerreiro, está preparado para lutar. Se não estivesse não teria reencarnado. Lutar com as armas mais nobres e mais eficientes geram resultados que trazem paz e sabedoria. A boa luta, travada com equilíbrio e foco no aprendizado, reverbera por muitos séculos na vida do espírito (leia mais aqui).


Autor: Regis Mesquita





Para refletir:


Sofre quem quer sempre escolher o que vai aprender na vida.

É a vida quem escolhe a maior parte das lições e, portanto, o aprendizado necessário para evoluir.

Pense bem:
é correto uma criança se alimentar só de doces? Pois é isto que ela escolherá se for dada a liberdade total.

O que fazem bons pais: criam o desafio da alimentação balanceada e com qualidade.

A vida funciona como bons pais: criam desafios que devem ser superados.

São desafios que obrigam ao aprendizado.

Alguns sempre resistirão ao aprendizado. Serão os que sofreram (passado) e sofrerão (futuro) de novo.

Os que aprenderem se fortalecerão e viverão com outros ganhos.

Deve-se aprender o que a vida exige.

Deve-se aprender o que é necessário frente a vida que realmente existe no aqui-agora.

Não seja como o pescador que morreu porque o barco virou a poucos metros de sua casa e ele não sabia nadar.

Nos segundos finais ele pensou: porque insisti em não aprender a nadar. Veio uma culpa enorme e uma tristeza de abandonar mulher e filhos.

Antes de seguir seus desejos aprenda o que é necessário.

Regis Mesquita


Texto originalmente postado na página Nascer Várias Vezes do Facebook:https://www.facebook.com/nascervariasvezes



--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário