O primeiro amor



O primeiro amor

O primeiro amor abriu portas que antes não existiam. Um admirável mundo novo postou-se frente aos olhos. Antes pensava que vivia, mas depois que o amor apareceu descobri que outrora estava apenas vivo, mas que a vida somente veio quando ela adentrou suavemente pela ampla porta do coração. Antes de ti, unicamente sonhava, quando chegaste, tornei-me o próprio sonho. Então, ja não era mais o mesmo, era alegria, era esperanças e era fantasias. Naquele auspicioso momento, descobri que quem ama desbrava exuberantes e formosos jardins existentes no mais sublime e glorioso âmago da essência humana. (Tadany – 05 11 11) 

PS: Para citar este texto: 
Cargnin dos Santos, Tadany. Pensamento 1122. www.tadany.org 








--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.
 
 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário