Nesta segunda, 27 de agosto, Piazzolando Quintana traz o Poema da Gare de Astapovo

Pessoal,


Nesta segunda, 27 de agosto, 20h, estrearemos o show Piazzolando Quintana. Os versos de Mario Quintana, o poeta das coisas simples, e a música de Astor Piazzolla, o homem que revolucionou o tango, estarão juntos no palco do Maikai. 

Em função do feriado prolongado, em Maceió, e como consequência o fechamento das farmácias Ao Pharmacêutico nesta segunda, a produção do evento manteve a promoção do ingresso antecipado a R$ 7 (meia), R$ 14 (inteira) a quem solicitar reserva pelo e-mail reservas@lumeeiro.org até as 15h desta segunda-feira. Essas pessoas estarão em uma lista que estará disponível na portaria do evento até as 19h45.
Vale ressalvar que, independente da reserva, os ingressos estarão à venda para todos no Maikai a partir das 18h ao preço de R$10 (meia) e R$ 20 (inteira). A meia entrada é válida para estudantes, professores e maiores de 60 anos.

Voltando ao show, as cordas de Bruno Palagani e Willbert Fialho trarão dentre outras músicas, a obra-prima Adios Noniño (http://www.youtube.com/watch?v=hZZGFjlVBHA). Haverá a participação especial da soprano gaúcha Patrícia Hechteuer interpretando a Balada de um louco e do ator José Marcio Passos com o poema Solau à moda antiga.

A noite trará muito de Quintana: poemas, frases, histórias. Destaco agora o Poema da Gare de Astapovo, que ele escreveu a partir da história da morte de Léon Tolstoi. Quem assistiu o filme "A última estação" ou leu alguma biografia do escritor russo deve reconhecer. O poema vai em seguida.

Sejam bem-vindos

Ricardo Cabús 



Poema da Gare de Astapovo

(Mario Quintana)


O velho Leon Tolstoi fugiu de casa aos oitenta anos

E foi morrer na gare de Astapovo!

Com certeza sentou-se a um velho banco,

Um desses velhos bancos lustrosos pelo uso

Que existem em todas as estaçõezinhas pobres do mundo

Contra uma parede nua...

Sentou-se... e sorriu amargamente

Pensando que

Em toda a sua vida

Apenas restava de seu a Gloria,

Esse irrisório chocalho cheio de guizos e fitinhas

Coloridas

Nas mãos esclerosadas de um caduco!

E entao a Morte,

Ao vê-lo tão sozinho àquela hora

Na estação deserta,

Julgou que ele estivesse ali à sua espera,

Quando apenas sentara para descansar um pouco!

A Morte chegou na sua antiga locomotiva

(Ela sempre chega pontualmente na hora incerta...)

Mas talvez não pensou em nada disso, o grande Velho,

E quem sabe se até não morreu feliz: ele fugiu...

Ele fugiu de casa...

Ele fugiu de casa aos oitenta anos de idade...

Não são todos que realizam os velhos sonhos da infância!



SERVIÇO:

Piazzollando Quintana, com Ricardo Cabús,  Bruno Palagani e Wilbert Fialho

QUANDO:
Segunda-feira, 27 de agosto, às 20h.
ONDE:
Maikai Choparia
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:
Livre
INGRESSOS ANTECIPADOS:
R$ 7 (meia) ou R$ 14 (inteira), à venda nas farmácias da rede Ao Pharmacêutico
INGRESSOS NA HORA DO SHOW:
R$ 10 (meia) ou R$ 20 (inteira), à venda no Maikai Choparia
INFORMAÇÕES:
82 8135-5990 / contato@lumeeiro.org
http://www.facebook.com/instituto.lumeeiro.3
Twitter: @lumeeiro e @papelnovaral
REALIZAÇÃO:
Instituto Lumeeiro
APOIO:
Ao Pharmacêutico, Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Gama Engenharia de Recursos Hídricos, Braskem, Armazém Guimarães, Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).


--
Ricardo C. Cabús

--
Esta é uma mensagem do Papel no Varal
email: papelnovaral@gmail.com contato@lumeeiro.org
Blog: http://cacosinconexos.blogspot.com
Twitter: @papelnovaral e @ricardocabus
Para sair do grupo: envie email com o assunto REMOVER para papelnovaral@gmail.com
Mais opções em: http://groups.google.com/group/papelnovaral?hl=pt-BR

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário