Bom Dia - (27.02.15)

    http://marcosianoski.blogspot.com.br 
  
Entre o Dever e o Amor

Esclarecimento
MÉDIUM Shyrlene Soares Campos
 
Um homem que foi general. Seus comandados o atendiam cegamente. Ele colocava 
em suas mãos granadas e baionetas e ordenava que fossem para o fogo da 
batalha. E eles iam e morriam e eram mutilados e obedeciam.

O que me impressiona é que, quando Jesus manda apenas que empunhemos a 
Fraternidade, que sejamos irmãos uns dos outros, que amemos a Paz, a 
Solidariedade, e nós não obedecemos. Preferimos tombar nos campos de batalha 
do mundo, dando depois lamentáveis testemunhos de dor, fracasso, de 
sofrimento.

Eis agora o testemunho deste nosso irmão (o seu nome é fictício para 
resguardar a sua personalidade na Terra) que foi General na Segunda Guerra 
Mundial.

 
 
Caros irmãos, diante de vocês está um homem que foi preparado para comandar, 
e que via nisso a suprema realização da vida. Lutei, fui mandado testar os 
meus conhecimentos no campo de batalha na Itália, festejei com a família e 
com os amigos. Esperava ansioso as condecorações. Por nenhum instante pensei 
no sangue que seria derramado, no sofrimento com o qual iria me confrontar e 
nem tive medo em instante algum. Trazia dentro de mim a força dos heróis. 
Era rigoroso na disciplina, implacável no comando. Estrategista, realmente 
me orgulhava de tudo aquilo que havia conquistado e me sentia um homem 
forte, realizado e capaz. Tinha sobre o meu comando muitos jovens, alguns 
até imberbes. Muitos choravam por dias e dias e eu os castigava e dizia que 
o homem devia ser testado nos campos de batalha. Mas muitos haviam recebido 
apenas treinamento para enfrentar as trincheiras da morte. Eu os desprezava. 
Aqueles que choravam, aqueles que temiam a morte eram os que eu primeiro 
mandava para Frente de Batalha, porque me fazia mal a covardia que eles 
traziam na face, o medo que traziam nos olhos; e nos campos de batalha nunca 
me importei ao ver jovens e jovens ensangüentados, desfigurados. 
Recolhia-lhes a identificação para poder notificar a família. E sempre e 
sempre, quanto mais cruenta era a batalha, mais cruel eu ficava na alma, 
mais duro do que aço, mais implacável que o fragor dos canhões a fazer dia 
em plena noite, trazendo dor e vomitando fogo.

Chegou, no meu Regimento, uma freira ainda jovem, voluntária. O anjo 
consolador de quantos tombavam feridos, desesperados, mutilados. E eu 
observava essa enfermeira. Via nela a coragem, mesmo quando canhões se 
aproximavam muito e as granadas explodiam. Em seus olhos não brilhava em 
nenhum instante o medo. Tinha sempre um sorriso na face. Tinha sempre uma 
palavra de consolo. Perto daqueles que sofriam ela se transformava em mil 
mulheres. era mãe, era irmã, era noiva, era filhinha ou era simplesmente a 
imagem de Maria. E eu, muitas vezes, falava com os rapazes que eu tinha que 
enviar para as trincheiras de lutas:

Vejam essa freira, menina quase e não tem medo. Não tem medo da batalha. Não 
tem medo da luta. E vocês que são homens, tremem e choram, sofrem e se 
escondem.

Muitos e muitos enlouqueciam, quando tinham que correr em direção ao fogo, 
aos trovões dos canhões. Mas eu não me importava, e um dia perguntei para a 
freira:

De onde você tira tanta força, para permanecer noites e noites em claro, se 
alimentar mal e cuidar de tantos enfermos?

E ela disse:
Eu tiro essa força da minha fé, a força me vem de Deus. A sua força está na 
sua arma. A sua fé está na vitória que você que obter, mas a minha vitória 
será reconquistar essa criaturas que não acreditavam mais na bondade nem na 
paz. A minha vitória será levar a esperança para cada um desses que não 
recuperarão no campo de batalha o braço, a perna, os olhos, a beleza, a 
saúde e muitos, nem a vida. A minha vitória está em reconquistar a lucidez 
dos que ensandeceram diante do horror da batalha. A minha fé é esta e seu eu 
aqui estou, não estou para ajudar generais, mas para ajudar aqueles que são 
comandados pelos generais, que ficam nas suas tendas a dar ordem para que 
morram. Se sentem heróis e no entanto não são capazes de liderar na frente 
os seus comandados! Jesus lidera os seus comandados, por isso eu o sigo. 
Jamais seguiria um general.

Naquela noite houve um bombardeio intenso. A freira, que se chamava Irmã 
Maria Clara, morreu, e com ela morreu também a esperança de muitos que 
sobreviveram e muitos, em delírio, gritavam por seu nome, gritavam por 
Jesus, gritavam por Maria. Outros gritavam por suas mães em terras 
distantes. Gritavam pelos filhos que não iriam mais ver. E naquele dia em 
que Irmã Maria Clara morreu, nasceu em meu coração a certeza de que Jesus 
realmente era o Grande General. Era o General, não de pessoas covardes que 
se amedrontavam diante das provas e das lutas, mas General daqueles que, na 
fragilidade do ser, possuíam a força do aço. Eu voltei da guerra. Fui 
condecorado. E vim depois a morrer vítima de enfermidade. Ao chegar ao plano 
espiritual certamente não ostentava as medalhas que me enfeitaram o peito. 
Na terra é que se encontram, guardadas em depósitos de veludo. Também não 
encontrei os Pracinhas, porque a guerra era uma prova coletiva e todos nós 
teríamos que responder pelas atrocidades cometidas e não pelas ordens que 
havíamos dado. Mas sofri muito. Sofri muito pelos conflitos que trazia na 
alma. Sofri pela perseguição dos inimigos que eu adquiri, porque muitos dos 
Pracinhas que tombaram nem sequer retornaram para as Terras do Brasil. Seus 
espíritos, ainda muito deles, vagueiam em terras da Itália, em grandes 
sofrimentos, porque isso eu pude constatar, levado por instrutores, e foi o 
instante em que eu mais sofri. Eu e tantos outros fomos obrigados a perceber 
o sofrimento daquelas, para as quais até hoje a guerra não acabou.

É preciso dominar realmente, a violência em nossas almas. E aquele que busca 
os comandos na Terra, realmente, ainda traz dentro de si muita violência. E 
aqueles que são comandados precisam aprender também que a violência não é 
bandeira para ser abraçada e seguida. Jesus nos ensinou a paz. Irmã Maria 
Clara, vim reencontrá-la depois, na sua humildade, ainda ajudando e 
servindo, se apagando humildemente, e ainda dizendo que o maior General de 
todos os tempos ainda é Jesus, e que a mais bela Batalha para se ganhar é a 
Batalha da Vida, e a maior condecoração que um homem pode receber é o 
serviço em favor dos que sofrem. Que a maior benção é a disciplina na alma, 
não resvalando nas trincheiras das quedas morais, mas no entrincheiramento 
no caráter, buscando o serviço e a luz. Ainda sofro e sofro muito. Ainda 
aprendo e aprendo pouco. Mas tenho pesquisado, tenho buscado entender as 
criaturas que se situam no comando estou tentando ser cada dia mais 
obediente ao Comando do Cristo. Espero tão somente que um dia ele possa 
confiar em mim, e que eu também possa ter confiança.

Eu agradeço a todos que me ouviram. E saibam, meus irmãos, que a violência 
não resolve situações sociais e muito menos resolverá situações espirituais. 
Saibamos aceitar o jogo das necessidades e da dor, porque a Terra não está 
sem governo, porque a terra não está sem Deus. Jesus está no comando e Deus 
tem enorme amor por todas as criaturas, violentas ou não. Mas aquele que 
aceita o comando do Cristo, que aceite também a humildade e o bem em suas 
vidas.

 
Um General
Mensagem extraída do livro "Um amanhã de luz"
 
  
******
  
Se não tomarmos a iniciativa de redescobrirmos JESUS, aceitando-O, para sempre, na condição de Mestre e Senhor, a nossa fé religiosa, qualquer que seja ela, não passará de um distintivo simbólico sobre o peito, que, ao invés de nos irmanar, colocará em evidência as nossas diferenças... O Amor carece de ser colocado acima da Fé e, ousaria dizer, da Verdade. Caso contrário, se não nos amarmos o bastante, a nossa civilização tenderá a desaparecer, não por obra da evolução, mas devido à nossa insensatez.
 
(Palavras do Dr. Odilon Fernandes, no livro, No Interior da Terra - Carlos A.Baccelli/Paulino Garcia)
 
 
******
  
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
  
 
******
  
PAI NOSSO

Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS 

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Batalha Individual


Batalha Individual

Talvez não seja um relato muito inspirador 
Mas o ser humano está numa ferranha guerra 
Com seus conflitos, suas frustrações e sua incessante dor 
Ademais, ignorante de um possível armistício, se auto-desterra. 
(Tadany - 13 04 13) 

PS: Para citar este Poema: 
Cargnin dos Santos, Tadany. Poema 898. www.tadany.org ® 




google.com/+TadanyCargnindosSantos

FacebookLinkedin

A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)




--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bom Dia - (26.02.15)

   http://marcosianoski.blogspot.com 
  
Transmissão de Riqueza
 
15. O principio, segundo o qual ele é apenas depositário da fortuna de que Deus lhe permite gozar durante a vida, tira ao homem o direito de transmiti-la aos seus descendentes? 
 
O homem pode perfeitamente transmitir, por sua morte, aquilo de que gozou durante a vida, porque o efeito desse direito está subordinado sempre à vontade de Deus, que pode, quando quiser, impedir que aqueles descendentes gozem do que lhes foi transmitido. Não é outra a razão por que desmoronam fortunas que parecem solidamente constituídas. E, pois, impotente a vontade do homem para conservar nas mãos da sua descendência a fortuna que possua. Isso, entretanto, não o priva do direito de transmitir o empréstimo que recebeu de Deus, uma vez que Deus pode retirá-lo, quando o julgue oportuno. - São Luís. (Paris, 1860.) 
  
(O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XVI)
 
 
******
 
Medita na situação dos parentes aos quais talvez o excesso de recursos financeiros afastasse
da obrigação de servir, com a agravante de induzi-los aos perigos da ociosidade dourada.
Recorda aqueles a quem a despreparação para conservar o dinheiro e administrá-lo situou em ruinosa segregação ante o medo de perder a suposta superioridade em que passariam a viver.
Pensa nos avanços indébitos da inveja e do despeito sobre os teus dias, por parte daqueles que ainda não aprenderam a respeitar a vida dos semelhantes, caso mantivesses a fortuna fora da circulação e do trabalho, sem utilidade para ninguém.
Lembra as discórdias e demandas de testamentos e inventários, promovidos por teus
próprios descendentes, na hipótese da tua morte inesperada, ante os bens materiais que, porventura, deixasses sem justa e proveitosa destinação.
Aceita a vida laboriosa que Deus te concedeu, reconhecendo que a fortuna estará em tuas mãos quando souberes dirigi-la, sem permitir que ela te escravize.
 

(Obra: Calma - Chico Xavier / Emmanuel)
 
 
******
 
AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******

PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: Bom Dia - (24.02.15)

Aquele abraço compadre.

Em 24 de fevereiro de 2015 10:57, Genival ferreira santos <gfsostria@gmail.com> escreveu:
Tenha um bom dia compadre.

Em 24 de fevereiro de 2015 08:33, Marcos Marcos <marcosm92@gmail.com> escreveu:
  
A ADOÇÃO
 
 A adoção constitui o maior exemplo prático da máxima cristã que diz: "faça aos outros o que gostaria que lhe fizessem". Mas engana-se aquele que acha que a adoção se resume a um simples gesto caridoso. Existem comprometimentos espirituais entre adotado e adotante e a providência divina se encarrega de colocar esses espíritos novamente em um convívio salutar para o adiantamento moral de cada um.
Se a união dessas almas não é possível através dos laços de consangüinidade, serão aproximadas por intermédio da adoção, como nos ensina várias obras mediúnicas, entre elas o livro "E a Vida Continua", de André Luiz, psicografado por Chico Xavier.
Segundo Richard Simonetti, "há Espíritos que reencarnam para serem filhos adotivos. Esta situação faz parte de suas provações, geralmente porque no passado comprometeram-se em relação aos deveres familiares. Voltam ao convívio dos companheiros do pretérito sem laços de consangüinidade, destinados a valorizar a vida familiar".
É preciso uma dedicação ainda mais intensa por parte dos pais, enquanto educadores e evangelizadores desses espíritos que lhes foram confiados por meio da adoção, a fim de diminuir os efeitos de eventual trauma que o adotado possa desencadear quando do conhecimento de sua situação. Os pais adotivos questionam-se se devem ou não contar ao filho sobre sua origem.
As dúvidas giram em torno de como contar, porque contar e quando contar...
O melhor modo de se falar sobre a adoção é ter esse tema como um assunto que deve ser discutido naturalmente pelos pais desde o início do relacionamento com o filho.
Nunca fazer desse assunto um segredo a ser protegido.
A curiosidade da criança se acentua aos 3 anos de idade quando ela pergunta sobre o mundo que a circunda. Perguntando se são adotadas, têm necessidade de saber sobre a sua origem.
Portanto, o período infantil é o mais propício para se contar a verdade.
A revelação tem que ser feita com muito amor, com muito carinho.
Contar à criança que ela é adotada evitará que ela saiba por terceiros, de forma distorcida e equivocada.
O importante é salientar que ela foi escolhida; que dentre todas as crianças os pais optaram por ela. Que o sentimento de amor por ela os cativou.
Mesmo tendo sido esclarecida sobre a adoção, a criança ainda perguntará inúmeras vezes sobre isso.
É igualmente importante não expor aspectos negativos da família de origem, pois a tendência, quando se expõe os aspectos negativos, é a criança sentir-se desvalorizada, inferiorizada.
Uma tese de doutorado da Faculdade de Medicina da USP acabou de vez com um mito que por anos tem assombrado as pessoas interessadas em adotar crianças: filhos adotivos, segundo a tese, não têm mais problemas psicológicos do que os naturais.
Ao contrário do que sempre se acreditou, não é o fato de ser adotado e sim a forma como se dá a adoção e o ambiente familiar que determinam o comportamento das crianças.
Na avaliação, percebeu-se também que as crianças apresentam mais problemas quando ficam sabendo da adoção mais tarde.
À medida que ela vai perguntando, deve-se ir respondendo.
O importante é que os pais não fiquem tensos, que estejam tranqüilos e seguros.

O espiritismo é muito claro quanto à questão da adoção de filhos: é um ato de amor incondicional.
"O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito" (Evangelho Segundo o Espiritismo - Kardec, A.)
Somos todos adotados, pois que ninguém é propriedade de ninguém. Nosso filho de hoje poderá ser nosso pai amanhã, assim estabelece a lei da Reencarnação.
Um dos medos mais comuns das famílias adotantes é de que o filho adotivo venha a se tornar revoltado, porque já teve a rejeição materna.
Ora, um filho biológico pode ser um espírito que reencarnou para resgate naquela família, causando-lhe muitos problemas; ao passo que o filho adotivo, poderá ser um espírito afim, que vem para trazer felicidade. Ou vice-versa.
Desta forma, ter um filho adotivo ou biológico sempre será para a família um meio de ressarcir débitos pretéritos, direta ou indiretamente, e sejam esses débitos dela (família) ou dele (filho).
Adotar um filho, um amigo, um pai, uma mãe devem ser tarefas diárias para quem quer conquistar a sua própria evolução espiritual. Mas a adoção deve ser de coração, pois esse é laço indestrutível, permanente.
Nossos filhos não são nossos filhos, são antes, irmãos.
Os corpos que têm, são filhos dos nossos corpos, nada mais.
Os chamados filhos adotivos são os filhos do coração; estão unidos a nós por indestrutíveis laços espirituais. 

Lições de Sabedoria - Marlene Nobre
Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/convivio-dos-membros-do-forum/a-adocao/#ixzz1Pl0RFAMV  
 
 
****** 

– "Senhor Jesus, abençoa os teus servos que se
consagram hoje um ao outro em sublime união!...
"Ilumina-lhes, cada vez mais, os anseios transfigurados
para o teu reino, através da abnegação com
que souberam esquecer dificuldades e agravos para se
deterem tão-somente no auxílio aos companheiros de
caminhada, ainda mesmo quando esses companheiros
lhes apunhalassem os corações!...
"Ensina-lhes, oh! Mestre, que a felicidade é uma
obra de construção progressiva no tempo e que o matrimônio
deve ser realizado, de novo, todos os dias, na
intimidade do lar, de maneira que os nossos defeitos
se extingam, nas fontes da tolerância recíproca, a fim
de que as nossas almas encontrem a perfeita fusão, diante
de ti, aos clarões do amor eterno!..." 

 
(Obra: E a Vida Continua... - Chico Xavier/André Luiz) 
 

****** 
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. 

 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém. 
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
genival com muita FÉ
71 91394384

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bom Dia - (25.02.15)


O Valor do Tempo
 
A palavra de Jesus é sempre certa. Não há como fugir dela. Em todos os lugares,
resplandece o seu verbo infinito de bondade e amor.  A compreensão destas 
verdades faz o homem se preocupar com seu amanhã com outros olhos. Porque
fazer isto e não aquilo passam a ser decisões sábias no dia-a-dia.  A consciência
desperta começa a dar os seus primeiros passos. Esta inquietude é positiva, pois,
ao pensar muitas vezes no que vai fazer, o homem reflete sobre a vida e sobre si
mesmo.
O depósito que Deus colocou nas nossas mãos é precioso. Não devemos dispensar
as nossas atenções com coisas fúteis. O nosso tempo é precioso para ser aplicado
de maneira estéril, portanto, muito cuidado com o que faz. A certeza que teremos
sempre um amanhã faz-nos, muitas vezes, adiar um compromisso que poderia ser
executado hoje, adiando hoje o que deve ser feito neste momento,  estaremos 
adiando a nossa própria vida.  É um descarrego de nossas atenções a ser 
devidamente cuidado.
A perspectiva da nossa vida na Terra é muito pequena. Quando abrirmos os olhos
para perceber o que fizemos efetivamente com ela,  veremos que boa parte dela
já se foi, por isso é que é muito importante a vigilância.  "Vigiar e orar", ensinava o
Nosso Senhor Jesus Cristo exaustivamente para não desperdiçar o valoroso tempo
que Ele nos concedeu. Ah! Se tivéssemos consciência do valor do tempo, teríamos
certamente outro comportamento nas nossas vidas, enquanto houver amanhã...
A responsabilidade que assumimos perante Deus antes de voltar a Terra é enorme.
 
(Obra: Novas Utopias - Medium Carlos Pereira/Espírito Dom Helder Camara)
 
 
******
 
Meus queridos irmãos, Jesus, o nosso irmão maior, soube aproveitar muitíssimo bem
o tempo que desempenhou na Terra. É bem verdade que ele somente iniciou a sua
jornada na Terra a partir dos trinta anos, mas os três anos que utilizou valeu por uma
vida inteira. Havia lá as suas razões para isto, mas Ele fez do tempo um aliado para
as suas realizações. Planejou eficazmente todos os seus passos. Até a hora derradeira,
a hora do sacrifício para os homens, ele previu tudo, pois havia um sentindo.
E Ele cumpriu.
 
(Obra: Novas Utopias - Medium Carlos Pereira/Espírito Dom Helder Camara)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: Bom Dia - (24.02.15)

Tenha um bom dia compadre.

Em 24 de fevereiro de 2015 08:33, Marcos Marcos <marcosm92@gmail.com> escreveu:
  
A ADOÇÃO
 
 A adoção constitui o maior exemplo prático da máxima cristã que diz: "faça aos outros o que gostaria que lhe fizessem". Mas engana-se aquele que acha que a adoção se resume a um simples gesto caridoso. Existem comprometimentos espirituais entre adotado e adotante e a providência divina se encarrega de colocar esses espíritos novamente em um convívio salutar para o adiantamento moral de cada um.
Se a união dessas almas não é possível através dos laços de consangüinidade, serão aproximadas por intermédio da adoção, como nos ensina várias obras mediúnicas, entre elas o livro "E a Vida Continua", de André Luiz, psicografado por Chico Xavier.
Segundo Richard Simonetti, "há Espíritos que reencarnam para serem filhos adotivos. Esta situação faz parte de suas provações, geralmente porque no passado comprometeram-se em relação aos deveres familiares. Voltam ao convívio dos companheiros do pretérito sem laços de consangüinidade, destinados a valorizar a vida familiar".
É preciso uma dedicação ainda mais intensa por parte dos pais, enquanto educadores e evangelizadores desses espíritos que lhes foram confiados por meio da adoção, a fim de diminuir os efeitos de eventual trauma que o adotado possa desencadear quando do conhecimento de sua situação. Os pais adotivos questionam-se se devem ou não contar ao filho sobre sua origem.
As dúvidas giram em torno de como contar, porque contar e quando contar...
O melhor modo de se falar sobre a adoção é ter esse tema como um assunto que deve ser discutido naturalmente pelos pais desde o início do relacionamento com o filho.
Nunca fazer desse assunto um segredo a ser protegido.
A curiosidade da criança se acentua aos 3 anos de idade quando ela pergunta sobre o mundo que a circunda. Perguntando se são adotadas, têm necessidade de saber sobre a sua origem.
Portanto, o período infantil é o mais propício para se contar a verdade.
A revelação tem que ser feita com muito amor, com muito carinho.
Contar à criança que ela é adotada evitará que ela saiba por terceiros, de forma distorcida e equivocada.
O importante é salientar que ela foi escolhida; que dentre todas as crianças os pais optaram por ela. Que o sentimento de amor por ela os cativou.
Mesmo tendo sido esclarecida sobre a adoção, a criança ainda perguntará inúmeras vezes sobre isso.
É igualmente importante não expor aspectos negativos da família de origem, pois a tendência, quando se expõe os aspectos negativos, é a criança sentir-se desvalorizada, inferiorizada.
Uma tese de doutorado da Faculdade de Medicina da USP acabou de vez com um mito que por anos tem assombrado as pessoas interessadas em adotar crianças: filhos adotivos, segundo a tese, não têm mais problemas psicológicos do que os naturais.
Ao contrário do que sempre se acreditou, não é o fato de ser adotado e sim a forma como se dá a adoção e o ambiente familiar que determinam o comportamento das crianças.
Na avaliação, percebeu-se também que as crianças apresentam mais problemas quando ficam sabendo da adoção mais tarde.
À medida que ela vai perguntando, deve-se ir respondendo.
O importante é que os pais não fiquem tensos, que estejam tranqüilos e seguros.

O espiritismo é muito claro quanto à questão da adoção de filhos: é um ato de amor incondicional.
"O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito" (Evangelho Segundo o Espiritismo - Kardec, A.)
Somos todos adotados, pois que ninguém é propriedade de ninguém. Nosso filho de hoje poderá ser nosso pai amanhã, assim estabelece a lei da Reencarnação.
Um dos medos mais comuns das famílias adotantes é de que o filho adotivo venha a se tornar revoltado, porque já teve a rejeição materna.
Ora, um filho biológico pode ser um espírito que reencarnou para resgate naquela família, causando-lhe muitos problemas; ao passo que o filho adotivo, poderá ser um espírito afim, que vem para trazer felicidade. Ou vice-versa.
Desta forma, ter um filho adotivo ou biológico sempre será para a família um meio de ressarcir débitos pretéritos, direta ou indiretamente, e sejam esses débitos dela (família) ou dele (filho).
Adotar um filho, um amigo, um pai, uma mãe devem ser tarefas diárias para quem quer conquistar a sua própria evolução espiritual. Mas a adoção deve ser de coração, pois esse é laço indestrutível, permanente.
Nossos filhos não são nossos filhos, são antes, irmãos.
Os corpos que têm, são filhos dos nossos corpos, nada mais.
Os chamados filhos adotivos são os filhos do coração; estão unidos a nós por indestrutíveis laços espirituais. 

Lições de Sabedoria - Marlene Nobre
Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/convivio-dos-membros-do-forum/a-adocao/#ixzz1Pl0RFAMV  
 
 
****** 

– "Senhor Jesus, abençoa os teus servos que se
consagram hoje um ao outro em sublime união!...
"Ilumina-lhes, cada vez mais, os anseios transfigurados
para o teu reino, através da abnegação com
que souberam esquecer dificuldades e agravos para se
deterem tão-somente no auxílio aos companheiros de
caminhada, ainda mesmo quando esses companheiros
lhes apunhalassem os corações!...
"Ensina-lhes, oh! Mestre, que a felicidade é uma
obra de construção progressiva no tempo e que o matrimônio
deve ser realizado, de novo, todos os dias, na
intimidade do lar, de maneira que os nossos defeitos
se extingam, nas fontes da tolerância recíproca, a fim
de que as nossas almas encontrem a perfeita fusão, diante
de ti, aos clarões do amor eterno!..." 

 
(Obra: E a Vida Continua... - Chico Xavier/André Luiz) 
 

****** 
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. 

 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém. 
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
genival com muita FÉ
71 91394384

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Vidas Unidas


Vidas Unidas 

Náufrago na ilha de minhas desesperançadas buscas 
Solitário com os medos que alimentei, por medo de suas existências 
Refugiado de minha inanições, sem prestações, nem volições 
Desmarco os encontros que nunce pretendi aparecer, desleixo relacional 
Sorrio sem sintonia, descompassados ritmos carentes de alegria 
Descumpro o que cumpri, por incompetência de libertar-me 
Abandono estes gestos brutos, malcheirosos de mendicantes rimas 
Desnudo-me do que nunca fui, mas que vestia para o social viver 
Então pelado, abraço a vida que se abre 
Sem ilhas, nem trilhas, nem destino, nem milhas 
Povoada por coragem sem vassalagem, nem malandragem 
Resgatada por desejos, cósmicas alegorias 
Composta por uma exuberante sinfonia, natural magia 
De gestos dóceis e graciosos, veludos existenciais 
Naturalidade que urge por se manifestar, individual despertar 
Visões possíveis de vidas unidas, sofridas, queridas 
Paridas em si, educadas em mi, reveladas sem dó, vividas em sol. 
(Tadany - 13 12 14) 

Para citar este Poema: 
Cargnin dos Santos, Tadany. Vidas Unidas. www.tadany.org ® 








google.com/+TadanyCargnindosSantos

FacebookLinkedin

A corrupção é primogênita da nossa passividade, minha e tua. Precisamos aceitar o nosso dever de cidadãos para mudar as nefastas realidades que assolam a nossa pátria. (Tadany)
Tudo é mental. Nada existe além de nossa Consciência. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)



--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bom Dia - (24.02.15)

  
A ADOÇÃO
 
 A adoção constitui o maior exemplo prático da máxima cristã que diz: "faça aos outros o que gostaria que lhe fizessem". Mas engana-se aquele que acha que a adoção se resume a um simples gesto caridoso. Existem comprometimentos espirituais entre adotado e adotante e a providência divina se encarrega de colocar esses espíritos novamente em um convívio salutar para o adiantamento moral de cada um.
Se a união dessas almas não é possível através dos laços de consangüinidade, serão aproximadas por intermédio da adoção, como nos ensina várias obras mediúnicas, entre elas o livro "E a Vida Continua", de André Luiz, psicografado por Chico Xavier.
Segundo Richard Simonetti, "há Espíritos que reencarnam para serem filhos adotivos. Esta situação faz parte de suas provações, geralmente porque no passado comprometeram-se em relação aos deveres familiares. Voltam ao convívio dos companheiros do pretérito sem laços de consangüinidade, destinados a valorizar a vida familiar".
É preciso uma dedicação ainda mais intensa por parte dos pais, enquanto educadores e evangelizadores desses espíritos que lhes foram confiados por meio da adoção, a fim de diminuir os efeitos de eventual trauma que o adotado possa desencadear quando do conhecimento de sua situação. Os pais adotivos questionam-se se devem ou não contar ao filho sobre sua origem.
As dúvidas giram em torno de como contar, porque contar e quando contar...
O melhor modo de se falar sobre a adoção é ter esse tema como um assunto que deve ser discutido naturalmente pelos pais desde o início do relacionamento com o filho.
Nunca fazer desse assunto um segredo a ser protegido.
A curiosidade da criança se acentua aos 3 anos de idade quando ela pergunta sobre o mundo que a circunda. Perguntando se são adotadas, têm necessidade de saber sobre a sua origem.
Portanto, o período infantil é o mais propício para se contar a verdade.
A revelação tem que ser feita com muito amor, com muito carinho.
Contar à criança que ela é adotada evitará que ela saiba por terceiros, de forma distorcida e equivocada.
O importante é salientar que ela foi escolhida; que dentre todas as crianças os pais optaram por ela. Que o sentimento de amor por ela os cativou.
Mesmo tendo sido esclarecida sobre a adoção, a criança ainda perguntará inúmeras vezes sobre isso.
É igualmente importante não expor aspectos negativos da família de origem, pois a tendência, quando se expõe os aspectos negativos, é a criança sentir-se desvalorizada, inferiorizada.
Uma tese de doutorado da Faculdade de Medicina da USP acabou de vez com um mito que por anos tem assombrado as pessoas interessadas em adotar crianças: filhos adotivos, segundo a tese, não têm mais problemas psicológicos do que os naturais.
Ao contrário do que sempre se acreditou, não é o fato de ser adotado e sim a forma como se dá a adoção e o ambiente familiar que determinam o comportamento das crianças.
Na avaliação, percebeu-se também que as crianças apresentam mais problemas quando ficam sabendo da adoção mais tarde.
À medida que ela vai perguntando, deve-se ir respondendo.
O importante é que os pais não fiquem tensos, que estejam tranqüilos e seguros.

O espiritismo é muito claro quanto à questão da adoção de filhos: é um ato de amor incondicional.
"O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito" (Evangelho Segundo o Espiritismo - Kardec, A.)
Somos todos adotados, pois que ninguém é propriedade de ninguém. Nosso filho de hoje poderá ser nosso pai amanhã, assim estabelece a lei da Reencarnação.
Um dos medos mais comuns das famílias adotantes é de que o filho adotivo venha a se tornar revoltado, porque já teve a rejeição materna.
Ora, um filho biológico pode ser um espírito que reencarnou para resgate naquela família, causando-lhe muitos problemas; ao passo que o filho adotivo, poderá ser um espírito afim, que vem para trazer felicidade. Ou vice-versa.
Desta forma, ter um filho adotivo ou biológico sempre será para a família um meio de ressarcir débitos pretéritos, direta ou indiretamente, e sejam esses débitos dela (família) ou dele (filho).
Adotar um filho, um amigo, um pai, uma mãe devem ser tarefas diárias para quem quer conquistar a sua própria evolução espiritual. Mas a adoção deve ser de coração, pois esse é laço indestrutível, permanente.
Nossos filhos não são nossos filhos, são antes, irmãos.
Os corpos que têm, são filhos dos nossos corpos, nada mais.
Os chamados filhos adotivos são os filhos do coração; estão unidos a nós por indestrutíveis laços espirituais. 

Lições de Sabedoria - Marlene Nobre
Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/convivio-dos-membros-do-forum/a-adocao/#ixzz1Pl0RFAMV  
 
 
****** 

– "Senhor Jesus, abençoa os teus servos que se
consagram hoje um ao outro em sublime união!...
"Ilumina-lhes, cada vez mais, os anseios transfigurados
para o teu reino, através da abnegação com
que souberam esquecer dificuldades e agravos para se
deterem tão-somente no auxílio aos companheiros de
caminhada, ainda mesmo quando esses companheiros
lhes apunhalassem os corações!...
"Ensina-lhes, oh! Mestre, que a felicidade é uma
obra de construção progressiva no tempo e que o matrimônio
deve ser realizado, de novo, todos os dias, na
intimidade do lar, de maneira que os nossos defeitos
se extingam, nas fontes da tolerância recíproca, a fim
de que as nossas almas encontrem a perfeita fusão, diante
de ti, aos clarões do amor eterno!..." 

 
(Obra: E a Vida Continua... - Chico Xavier/André Luiz) 
 

****** 
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. 

 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém. 
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bom Dia - (23.02.15)


NA PRESENÇA DO CRISTO

A ciência dos homens vem liquidando todos os problemas, alusivos ao  reconforto da Humanidade. Observou a escravidão do homem pelo próprio homem e dignificou o trabalho, através de leis compassivas e justas.
Reconheceu o martírio social da mulher que as civilizações mantinham em multimilenário regime de cativeiro e conferiu-­lhe acesso  às universidades e profissões. Inventariou  os desastres morais do analfabetismo e criou  a grande imprensa.
Viu  que a criatura humana tombava prematuramente na morte, esmagada em atividade excessiva pela própria sustentação e deu-­lhe a força motriz.
Examinou o insulamento dos cegos e administrou-­lhes instrução adequada. Catalogou  os delinqüentes por enfermos transformou  prisões em penitenciárias­  escolas.
Comoveu-­se, diante das moléstias contagiosas, e fabricou  a vacina. Emocionou-­se, perante os feridos e doentes desesperados, e inventou a anestesia.
Anotou  os prejuízos da solidão e construiu  máquinas poderosas que interligassem os continentes.
Analisou o desentendimento sistemático que oprimia as nações e ofereceu­  lhes o livro e o telegrafo, o rádio e a televisão que as aproxima na direção de um mundo só.
Entretanto, os vencidos da, angústia aglomeram-­se na Terra de hoje como  enxameavam na Terra de ontem...
Articulam­-se todas as formas e despontam de todas as direções.
Perderam o emprego, que lhes garantia a estabilidade familiar e desorientam-­se abatidos, À procura de pão, foram despejados de teto, hipotecado a solução de constringentes necessidades e vagueiam sem rumo.
Encontram-­se despojados de esperança pela deserção dos afetos mais caros e abeiram-­se do suicídio.
Caíram em perigosos conflitos da consciência e aguardam leve sorriso que os reconforte. Envelheceram sacrificados pelas exigências de filhos queridos que lhes renegaram a convivência nos dias da provação e amargam doloroso abandono. Adoeceram gravemente e viram-­se transferidos da equipe domestica para os azares da mendicância. Transviaram-­se no pretérito e renasceram, trazendo no próprio  corpo os sinais aflitivos das culpas que resgatam, pedindo cooperação. Despediram­  se dos que mais amavam no frio portal do túmulo e carregam os últimos sonhos da existência cadaverizados agora no esquife do próprio peito.
Abraçaram tarefas de bondade e ternura e são mulheres supliciadas de fadiga e de pranto, conduzindo os filhinhos que alimentam à custa das próprias lágrimas. Gemem, discretos, e surgem na forma de crianças, desprezadas, à maneira de flores que a ventania quebrou, desapiedada, no instante do amanhecer.
Para eles, os que tombaram no sofrimento moral, a ciência dos homens não  dispõe de recursos. É por  isso que Jesus, ao reuni­los em multidão, no  tope do  monte, desfraldou  a bandeira da caridade e, proclamando as bem­aventuranças eternas, no­los entregou por filhos do coração...
Companheiro da Terra quando estendes uma palavra consoladora ou  um abraço fraterno, uma gota de bálsamo ou  uma concha de sopa, aliviando os que choram, estás diante deles, na presença do Cristo, com quem aprendemos que o  único remédio capaz de curar  as angústias da vida nasce do amor, que derrama, sublime, da ciência de Deus.

(Obra: Livro da Esperança - Chico Xavier/Emmanuel)


******

"O  Cristo  foi  o  Iniciador  da  mais  pura,  da  mais  sublime moral, da moral evangélico-­Cristã, que há de renovar  o mundo, aproximar os homens e torná­los irmãos; que há de  fazer  brotar  de  todos  os  corações  a  caridade  e  o  amor  do  próximo  e  estabelecer  entre  os  humanos  uma  solidariedade  comum; de uma perfeita moral, enfim, que há de Transformar  a  Terra,  tornando­a morada  de  Espíritos superiores  aos  que  hoje a habitam."

(Obra: O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo I - Item 9)


******

AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS