O Evangelho - (30.04.11)

I - PRECES GERAIS

Oração dominical

2. PREFÁCIO. Os Espíritos recomendaram que, encabeçando esta coletânea, puséssemos a Oração dominical, não somente como prece, mas também como símbolo. De todas as preces, é a que eles colocam em primeiro lugar, seja porque procede do próprio Jesus (S. Mateus, cap. VI, vv. 9 a 13), seja porque pode suprir a todas, conforme os pensamentos que se lhe conjuguem; é o mais perfeito modelo de concisão, verdadeira obra-prima de sublimidade na simplicidade. Com efeito, sob a mais singela forma, ela resume todos os deveres do homem para com Deus, para consigo mesmo e para com o próximo. Encerra uma profissão de fé, um ato de adoração e de submissão; o pedido das coisas necessárias à vida e o princípio da caridade. Quem a diga, em intenção de alguém, pede para este o que pediria para si.
Contudo, em virtude mesmo da sua brevidade, o sentido profundo que encerram as poucas palavras de que ela se compõe escapa à maioria das pessoas. Daí vem o dizerem-na, geralmente, sem que os pensamentos se detenham sobre as aplicações de cada uma de suas partes. Dizem-na como uma fórmula cuja eficácia se ache condicionada ao número de vezes que seja repetida. Ora, quase sempre esse é um dos números cabalísticos: três, sete ou nove tomados à antiga crença supersticiosa na virtude dos números e de uso nas operações da magia.
Para preencher o que de vago a concisão desta prece deixa na mente, a cada uma de suas proposições aditamos, aconselhado pelos Espíritos e com a assistência deles, um comentário que lhes desenvolve o sentido e mostra as aplicações. Conforme, pois, as circunstâncias e o tempo de que disponha, poderá, aquele que ore, dizer a oração dominical, ou na sua forma simples, ou na desenvolvida.
 
3. PRECE. - I. Pai nosso, que estás no céu, santificado seja o teu nome!
Cremos em ti, Senhor, porque tudo revela o teu poder e a tua bondade. A harmonia do Universo dá testemunho de uma sabedoria, de uma prudência e de uma previdência que ultrapassam todas as faculdades humanas. Em todas as obras da Criação, desde o raminho de erva minúscula e o pequenino inseto, até os astros que se movem no espaço, o nome se acha inscrito de um ser soberanamente grande e sábio. Por toda a parte se nos depara a prova de paternal solicitude. Cego, portanto, é aquele que te não reconhece nas tuas obras, orgulhoso aquele que te não glorifica e ingrato aquele que te não rende graças.
 
II. Venha o teu reino!
Senhor, deste aos homens leis plenas de sabedoria e que lhes dariam a felicidade, se eles as cumprissem. Com essas leis, fariam reinar entre si a paz e a justiça e mutuamente se auxiliariam, em vez de se maltratarem, como o fazem. O forte sustentaria o fraco, em vez de o esmagar. Evitados seriam os males, que se geram dos excessos e dos abusos. Todas as misérias deste mundo provêm da violação de tuas leis, porquanto nenhuma infração delas deixa de ocasionar fatais conseqüências.
Deste ao bruto o instinto, que lhe traça o limite do necessário, e ele maquinalmente se conforma; ao homem, no entanto, além desse instinto, deste a inteligência e a razão; também lhe deste a liberdade de cumprir ou infringir aquelas das tuas leis que pessoalmente lhe concernem, isto é, a liberdade de escolher entre o bem e o mal, a fim de que tenha o mérito e a responsabilidade das suas ações.
Ninguém pode pretextar ignorância das tuas leis, pois, com paternal previdência, quiseste que elas se gravassem na consciência de cada um, sem distinção de cultos, nem de nações. Se as violam, é porque as desprezam.
Dia virá em que, segundo a tua promessa, todos as praticarão. Desaparecido terá, então, a incredulidade. Todos te reconhecerão por soberano Senhor de todas as coisas, e o reinado das tuas leis será o teu reino na Terra.
Digna-te, Senhor, de apressar-lhe o advento, outorgando aos homens a luz necessária, que os conduza ao caminho da verdade.
 
III. Faça-se a tua vontade, assim na Terra como no Céu.
Se a submissão é um dever do filho para com o pai, do inferior para com o seu superior, quão maior não deve ser a da criatura para com o seu Criador! Fazer a tua vontade, Senhor, é observar as tuas leis e submeter-se, sem queixumes, aos teus decretos. O homem a ela se submeterá, quando compreender que és a fonte de toda a sabedoria e que sem ti ele nada pode. Fará, então, a tua vontade na Terra, como os eleitos a fazem no Céu.
 
IV. Dá-nos o pão de cada dia.
Dá-nos o alimento indispensável à sustentação das forças do corpo; mas, dá-nos também o alimento espiritual para o desenvolvimento do nosso Espírito.
O bruto encontra a sua pastagem; o homem, porém, deve o sustento à sua própria atividade e aos recursos da sua inteligência, porque o criaste livre.
Tu lhe hás dito: "Tirarás da terra o alimento com o suor da tua fronte." Desse modo, fizeste do trabalho, para ele, uma obrigação, a fim de que exercitasse a inteligência na procura dos meios de prover às suas necessidades e ao seu bem-estar, uns mediante o labor manual, outros pelo labor intelectual. Sem o trabalho, ele se conservaria estacionário e não poderia aspirar à felicidade dos Espíritos superiores
Ajudas o homem de boa-vontade que em ti confia, pelo que concerne ao necessário; não, porém, àquele que se compraz na ociosidade e desejara tudo obter sem esforço, nem àquele que busca o supérfluo. (Cap. XXV.)
Quantos e quantos sucumbem por culpa própria, pela sua incúria, pela sua imprevidência, ou pela sua ambição e por não terem querido contentar-se com o que lhes havias concedido! Esses são os artífices do seu infortúnio e carecem do direito de queixar-se, pois que são punidos naquilo em que pecaram. Mas, nem a esses mesmos abandonas, porque és infinitamente misericordioso. As mãos lhes estendes para socorrê-los, desde que, como o filho pródigo, se voltem sinceramente para ti. (Cap. V, nº 4.)
Antes de nos queixarmos da sorte, inquiramos de nós mesmos se ela não é obra nossa. A cada desgraça que nos chegue, cuidemos de saber se não teria estado em nossas mãos evitá-la. Consideremos também que Deus nos outorgou a inteligência para tirar-nos do lameiro, e que de nós depende o modo de a utilizarmos.
Pois que à lei do trabalho se acha submetido o homem na Terra, dá-nos coragem e forças para obedecer a essa lei. Dá-nos também a prudência, a previdência e a moderação, a fim de não perdermos o respectivo fruto.
Dá-nos, pois, Senhor, o pão de cada dia, isto é, os meios de adquirirmos, pelo trabalho, as coisas necessárias à vida, porquanto ninguém tem o direito de reclamar o supérfluo.
Se trabalhar nos é impossível, à tua divina providência nos confiamos.
Se está nos teus desígnios experimentar-nos pelas mais duras provações, mau grado aos nossos esforços, aceitamo-las como justa expiação das faltas que tenhamos cometido nesta existência, ou noutra anterior, porquanto és justo. Sabemos que não há penas imerecidas e que jamais castigas sem causa.
Preserva-nos, ó meu Deus, de invejar os que possuem o que não temos, nem mesmo os que dispõem do supérfluo, ao passo que a nós nos falta o necessário. Perdoa-lhes, se esquecem a lei de caridade e de amor do próximo, que lhes ensinaste. (Cap. XVI, nº 8.)
Afasta, igualmente, do nosso espírito a idéia de negar a tua justiça, ao notarmos a prosperidade do mau e a desgraça que cai por vezes sobre o homem de bem. Já sabemos, graças às novas luzes que te aprouve conceder-nos, que a tua justiça se cumpre sempre e a ninguém excetua; que a prosperidade material do mau é efêmera, quanto a sua existência corpórea, e que experimentará terríveis reveses, ao passo que eterno será o júbilo daquele que sofre resignado. (Cap. V, nº 7, nº 9, nº 12 e nº 18.)
 
V. Perdoa as nossas dívidas, como perdoamos aos que nos devem. - Perdoa as nossas ofensas, como perdoamos aos que nos ofenderam.
Cada uma das nossas infrações às tuas leis, Senhor, é uma ofensa que te fazemos e uma dívida que contraímos e que cedo ou tarde teremos de saldar. Rogamos-te que no-las perdoes pela tua infinita misericórdia, sob a promessa, que te fazemos, de empregarmos os maiores esforços para não contrair outras.
Tu nos impuseste por lei expressa a caridade; mas, a caridade não consiste apenas em assistirmos os nossos semelhantes em suas necessidades; também consiste no esquecimento e no perdão das ofensas. Com que direito reclamaríamos a tua indulgência, se dela não usássemos para com aqueles que nos hão dado motivo de queixa?
Concede-nos, ó meu Deus, forças para apagar de nossa alma todo ressentimento, todo ódio e todo rancor. Faze que a morte não nos surpreenda guardando nós no coração desejos de vingança. Se te aprouver tirar-nos hoje mesmo deste mundo, faze que nos possamos apresentar, diante de ti, puros de toda animosidade, a exemplo do Cristo, cujos últimos pensamentos foram em prol dos seus algozes. (Cap. X.)
Constituem parte das nossas provas terrenas as perseguições que os maus nos infligem. Devemos, então, recebê-las sem nos queixarmos, como todas as outras provas, e não maldizer dos que, por suas maldades, nos rasgam o caminho da felicidade eterna, visto que nos disseste, por intermédio de Jesus: "Bem-aventurados os que sofrem pela justiça!" Bendigamos, portanto, a mão que nos fere e humilha, uma vez que as mortificações do corpo nos fortificam a alma e que seremos exalçados por efeito da nossa humildade. (Cap. XII, nº 4.) Bendito seja teu nome, Senhor, por nos teres ensinado que nossa sorte não está irrevogavelmente fixada depois da morte; que encontraremos, em outras existências, os meios de resgatar e de reparar nossas culpas passadas, de cumprir em nova vida o que não podemos fazer nesta, para nosso progresso. (Cap. IV, e cap. V, nº 5.)
Assim se explicam, afinal, todas as anomalias aparentes da vida. É a luz que se projeta sobre o nosso passado e o nosso futuro, sinal evidente da tua justiça soberana e da tua infinita bondade.
 
VI. Não nos deixes entregues à tentação, mas livra-nos do mal. (1)
(1) Algumas traduções dizem: Não nos induzas à tentação (et ne nos inducas in tentationem). Essa expressão daria a entender que a tentação promana de Deus, que ele, voluntariamente, impele os homens ao mal, idéia blasfematória que igualaria Deus a Satanás e que, portanto, não poderia estar na mente de Jesus. É, aliás, conforme à doutrina vulgar sobre o papel dos demônios. (Veja-se: O Céu e o Inferno, 1ª Parte, cap. IX, "Os demônios".)
Dá-nos, Senhor, a força de resistir às sugestões dos Espíritos maus, que tentem desviar-nos da senda do bem, inspirando-nos maus pensamentos.
Mas, somos Espíritos imperfeitos, encarnados na Terra para expiar nossas faltas e melhorar-nos. Em nós mesmos está a causa primária do mal e os maus Espíritos mais não fazem do que aproveitar os nossos pendores viciosos, em que nos entretêm para nos tentarem.
Cada imperfeição é uma porta aberta à influência deles, ao passo que são impotentes e renunciam a toda tentativa contra os seres perfeitos. E inútil tudo o que possamos fazer para afastá-los, se não lhes opusermos decidida e inabalável vontade de permanecer no bem e absoluta renunciação ao mal. Contra nós mesmos, pois, é que precisamos dirigir os nossos esforços e, se o fizermos, os maus Espíritos naturalmente se afastarão, porquanto o mal é que os atrai, ao passo que o bem os repele. (Veja-se aqui adiante: "Preces pelos obsidiados".)
Senhor, ampara-nos em nossa fraqueza; inspira-nos, pelos nossos anjos guardiães e pelos bons Espíritos, a vontade de nos corrigirmos de todas as imperfeições a fim de obstarmos aos Espíritos maus o acesso à nossa alma. (Veja-se aqui adiante o nº 11.)
O mal não é obra tua, Senhor, porquanto o manancial de todo o bem nada de mau pode gerar. Somos nós mesmos que criamos o mal, infringindo as tuas leis e fazendo mau uso da liberdade que nos outorgaste. Quando os homens as cumprirmos, o mal desaparecerá da Terra, como já desapareceu de mundos mais adiantados que o nosso.
O mal não constitui para ninguém uma necessidade fatal e só parece irresistível aos que nele se comprazem. Desde que temos vontade para o fazer, também podemos ter a de praticar o bem, pelo que, ó meu Deus, pedimos a tua assistência e a dos Espíritos bons, a fim de resistirmos à tentação.
 
VII. Assim seja.
 
Praza-te, Senhor, que os nossos desejos se efetivem. Mas, curvamo-nos perante a tua sabedoria infinita. Que em todas as coisas que nos escapam à compreensão se faça a tua santa vontade e não a nossa, pois somente queres o nosso bem e melhor do que nós sabes o que nos convém.
Dirigimos-te esta prece, ó Deus, por nós mesmos e também por todas as almas sofredoras, encarnadas e desencarnadas, pelos nossos amigos e inimigos, por todos os que solicitem a nossa assistência e, em particular, por N...
Para todos suplicamos a tua misericórdia e a tua bênção.
 
                   (O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo XXVIII)

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, visite esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida?hl=pt-BR.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

7% - leiam! Vale a pena!

          Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade.
           Ela assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio

           "Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições
           que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi."

           Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais
           uma vez:

           1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

           2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .

           3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

           4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos
           e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

           5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

           6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

           7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

           8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.

           9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

           10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

           11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

           12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

           13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a
           jornada deles.

           14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria
           entrar nele.

           15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca
           pisca.

           16. Respire fundo. Isso acalma a mente.

           17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

           18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

           19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é
           por sua conta e ninguém mais.

           20. Qua ndo se trata do que você ama na vida, não aceite um não como
           resposta.

           21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde
           isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

           22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

           23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

           24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

           25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..

           26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em
           cinco anos, isto importará?'

           27. Sempre escolha a vida.

           28. Perdoe tudo de todo mundo.

           29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

           30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..

           31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

           32. Não se lev e muito a sério. Ninguém faz isso.

           33. Acredite em milagres.

           34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que
           você fez ou não fez.

           35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo
           agora.

           36. Envelhecer ganha da alternativa - morrer jovem.

           37. Suas crianças têm apenas uma infância.

           38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

           39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os
           lugares.

           40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos
           todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de
           volta.

           41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.

           42. O melhor ainda está por vir.

           43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
           Produza-se!

           45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.

           Estima-se que 93% não encaminhará isto. Se você for um dos 7% que o
           farão, encaminhe-o com o título 7%.
















































--
Marcus D'Auria
Marketing - Contas Vivo e Varejo
Motorola Mobility
55 11 3847-0609
55 11 9398-3703

Conheça e experimente o MOTOBLUR:
http://www.motorola.com/staticfiles/Consumers/BR-PT/FLIPOUT/index.html
 



--
Ca lopes - Designer
http://www.behance.net/calopes
(11) 93661242

"Esta mensagem é reservada e sua divulgação, distribuição, reprodução ou qualquer forma de uso é proibida e depende de prévia autorização desta instituição. O remetente utiliza o correio eletrônico no exercício do seu trabalho ou em razão dele, eximindo esta instituição de qualquer responsabilidade por utilização indevida. Se você recebeu esta mensagem por engano, favor eliminá-la imediatamente." "This message is reserved and its disclosure, distribution, reproduction or any other form of use is prohibited and shall depend upon previous proper authorization. The sender uses the electronic mail in the exercise of his/her work or by virtue thereof, and the institution accepts no liability for its undue use. If you have received this e-mail by mistake, please delete it immediately."

Esta mensagem tem conteúdo informativo e não constitui obrigação ou responsabilidade das empresas integrantes do Grupo Safra. O sigilo desta mensagem é protegido por lei. Se V.Sa. a recebeu por engano, deverá eliminá-la e notificar, por e-mail, o remetente.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

@ UM SAMBINHA MANERO COM O BENITO ... @ " DO JEITO QUE A VIDA QUER " ..... ( BENITO DI PAULA ) !!!

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;CIDA ST
FN:CIDA ST
EMAIL;PREF;INTERNET:mgab_sp@uol.com.br
REV:20110429T134555Z
END:VCARD

---

 

 

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

@ LINDA DA CELINE ... @ CALL THE MAN ... " CHAME POR ELE " .... ( CELINE DION ) !!!

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;CIDA ST
FN:CIDA ST
EMAIL;PREF;INTERNET:mgab_sp@uol.com.br
REV:20110429T134245Z
END:VCARD


 





 

 
 
 
 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

@ " NATUREZA MORTA .... ( GUILHERME DE ALEMIDA ) !!!

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;CIDA ST
FN:CIDA ST
EMAIL;PREF;INTERNET:mgab_sp@uol.com.br
REV:20110429T133747Z
END:VCARD

 
 
 
 

 
 
 

 

 
 
 

 
 
 

"Natureza-Morta

 

Guilherme de Almeida

 

Na sala fechada ao sol seco do meio-dia

sobre a ingenuidade da faiança portuguesa

os frutos cheiram violentamente e a toalha é fria

e alva na mesa.

 

Há um gosto áspero de ananases e um brilho fosco

de uvaias flácidas

e um aroma adstringente de cajus, de pálidas

carambolas de âmbar desbotado e um estalo oco

de jabuticabas de polpa esticada e um fogo

bravo de tangerinas.

 

 

E sobre esse jogo

de cores, gostos e perfumes a sala toma

a transparência abafada de uma redoma...

 

 

 

 

 

 

 

Beijos

 Cida St !!!  

 

 

 
 
 
 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

@ " MARIA ANGÉLICA ... ( *Site: Universo Espírita* )!!!

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;CIDA ST
FN:CIDA ST
EMAIL;PREF;INTERNET:mgab_sp@uol.com.br
REV:20110429T132904Z
END:VCARD

 
 
 
 
 
 

Maria Angélica

Maria Angélica é a mentora espiritual do CEMA, fundado em 15 de junho de 1989 sob sua orientação.
Como espírito elevado que é, Maria Angélica pouco nos conta sobre suas últimas encarnações, pois diz que isto não é importante. Ressalta que devemos nos dedicar a estudar os ensinamentos do Cristo e dos Espíritos Superiores, contidos na Codificação Kardequiana, e aplicá-los no dia-a-dia.
Sabemos que ela teve uma encarnação marcante como freira na Bahia, onde conviveu com Joanna de Angelis e teve a oportunidade de dedicar-se ao trabalho assistencial, seguindo a orientação do Mestre JESUS de amar ao próximo como a si mesmo.
Em uma mensagem transmitida em 15 de junho de 2002, Maria Angélica convocou-nos à prática da caridade, lembrando que todos têm a possibilidade de contribuir: "podemos não ser os trabalhadores ideais, mas podemos ser os trabalhadores disponíveis a arregaçar as mangas e pegar no arado e cada vez mais, trabalhar, trabalhar e trabalhar". Como disse nossa mentora, "que JESUS nos abençoe, nos dando sempre luz" e que, de nossa parte, possamos ser trabalhadores dedicados ao serviço do Cristo.
 
*8Site: Universo Espírita*
 
 
 
 
Beijos,
 Cida!!!

                    
 
 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Ex Animo - N° 130



  • Ex Animo - N° 130 | 29/04/2011


    Filósofos nos últimos milênios, vêm discursando sobre os problemas da vida
    E, nesta sentença, encontra-se a chave de todos os seus desentendimentos
    Pois vida não é problema, ela é uma expansão, uma luz livre, brilhante e querida
    Que, durante sua propagação, liberta os seres humanos por meio de esclarecimentos
    Para que suas caminhadas sejam ampla, doce e auspiciosamente vividas
    Enquanto, entre si, as pessoas se relacionem com amor, paz e entendimento. (Tadany – 11 09 10)

    PS: Para citar este Poema:
    Cargnin dos Santos, Tadany. Ex Animo - N° 130. www.tadany.org ®


Compartilhe estas mensagens! Indique um amigo para receber o Pensamento da Semana

E-Mail do seu amigo:
Seu e-mail:

 

www.tadany.org

The Triangle of Life: Family, Time and Friends. The rest we architect. (Tadany)
A arte é o orgasmo contínuo da Inteligência. (Tadany)


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, visite esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida?hl=pt-BR.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Bom Dia - (29.04.11)

RAZÕES DA VIDA

Indagas, muita vez, alma querida e boa:
– "Meu Deus, por que essa dor que me atormentar o ser?"
E segues, trilha afora, em pranto oculto,
De sonho encarcerado, a lutar e a sofrer.

Anhelas outro clima, outro lar e outros rumos,
Entretanto, o dever te algema o coração dorido
Ao campo de trabalho que abraçaste,
Atendendo, na Terra, a divino sentido.

Antes de renascer, os seres responsáveis
Notam as próprias dívidas quais são
E suplicam a Deus lhes conceda no mundo
O caminho que os leve à redenção.

Não recalcitres, pois, contra os próprios encargos
Que te pareceu fardos de problemas,
Encontras-te no encalço da conquista
De bênçãos imortais e alegrias supremas.

A lágrima que vertes padecendo
Longas tribulações, entre lutas e crises,
É um remédio da vida, em nossos olhos,
Que nos faculte ver os irmãos infelizes.

O abandono dos seres que mais amas,
Criando-te a aflição em que choras e anseias,
É um curso de lições em que aprendemos
Quanto custam na estrada as angústias alheias.

Familiares que te contrariam
Trazem-nos à lembrança os gestos rudes
Com que outrora ferimos entes caros
No fel de nossas próprias atitudes.

Afeição de outras eras que descubras,
Querendo-lhe debalde a presença e a união,
E instrumento de amor que te inspira a renúncia
Para o trabalho da sublimação.

A experiência humana é breve aprendizado
E essa tribulação que te fere e domina
É recurso dos Céus, em nosso amparo,
Zelo, defesa e luz da Bondade Divina.

Sofre sem reclamar a prova que te coube,
Mesmo que a dor te espanque, atingindo apogeus...
E, um dia, exclamarás, ante os sóis de outra vida:
– "Bendita seja a Terra!... Obrigado, meu Deus!..."

   (Obra: A Vida Conta - Chico Xavier/Maria Dolores)


* * * * * *

Aqueles com os quais mais convives é que haverão de exigir mais de ti, em
termos de paciência e renúncia .

   (Obra: Dias Melhores - Carlos A.Baccelli/Irmão José)

* * * * * *

AVE MARIA

Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as
mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de
nossa morte. Amém.

* * * * * *

PAI NOSSO

Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o
Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão
nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação,
mas livrai-nos do mal. Amém.

   JESUS


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Dividindo a Vida" dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para dividindoavida@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para dividindoavida+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, visite esse grupo em http://groups.google.com/group/dividindoavida?hl=pt-BR.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

RE: RES: Cup Cakes

Que beleza!
 
 


From: karin.hessel@itau-unibanco.com.br
To: poesia10@googlegroups.com
CC: marihesselpantolfi@gmail.com
Date: Thu, 28 Apr 2011 09:41:41 -0300
Subject: RES: Cup Cakes

Tarso,

 

Adorei a idéia de acompanhar nossas tardes de sábado com os "deliciosos Hessel's CupCakes".

 

Aliás, sinto que isso vai acabar em poesia...ou em algo parecido, como abaixo:

 

Sob a luz do céu cinzento

Eis a mente que se cala

Nada mais me traz alento

Tal qual chama que se apaga

 

Mas, que será tal formosura

Que colore este meu dia?

De sabor irresistível

Que parece poesia!

 

Oh! São bolinhos fascinantes

Tão fofinhos, sem igual

Meu coração se alegra

Como num dia de sol

 

Venham todos já provar

Que afinal, todos merecem

Quando a semana findar

e sábado a tarde chegar....

 

Oba! Hessel's CupCakes!!!! (no Tantas Letras, é claro!)

 

Beijos a todos!

 

 

 

Karin Hessel

secretária

SIP/SGPC - DMP - ACRF

Tel.: (11) 5029-4210

e-mail: karin.hessel@itau-unibanco.com.br

endereço: Centro Empresarial Itau Unibanco

Torre Eudoro Villela - piso (-1) - seguir corredor

de vidro - à esquerda das catracas

 

De: poesia10@googlegroups.com [mailto:poesia10@googlegroups.com] Em nome de tarso de melo
Enviada em: quinta-feira, 28 de abril de 2011 09:14
Para: poesia10@googlegroups.com
Assunto: RE: Cup Cakes

 

Karin,
 
que legal! Como devem ser tão bons quanto bonitos,
pode até virar uma tradição nos encontros do TL!.
O problema é que teremos que reforçar as cadeiras...

E como é bom ter sobrenome chique, né? Hessel...
Até já parece coisa antiga e tradicional. Se fosse Silva
ou Melo, não teria o mesmo efeito. Imagine que lástima
uma empresa chamada "Melo CupCakes", fica até nojento
por causa do verbo "melar"... Vou ter viver de outra
coisa mesmo... Em Sto. André tem uma empresa que
se chama "Melo Eventos" - não é minha. Pelo nome, tudo
indica que se trata de uma empresa especializada em
estragar a festa dos outros. Até que deve ser divertido...
 
Abraço,
 
Tarso
 
 
 


From: karin.hessel@itau-unibanco.com.br
To: poesia10@googlegroups.com
Date: Wed, 27 Apr 2011 16:58:27 -0300
Subject: Cup Cakes

Amigos,

 

Minha filha está fazendo "Cup Cakes" para vender.

 

Estamos, por enquanto, trabalhando com os seguintes sabores:

 

·         Cenoura com Chocolate (bolo de cenoura com recheio e cobertura de chocolate ao leite e granulado);

·         Brigadeiro (bolo de chocolate com recheio e cobertura de brigadeiro e confeitos coloridos);

·         Nutella (bolo de baunilha recheado de doce de leite com cobertura de Nutella e granulado);

·         Trufado (bolo de chocolate meio amargo com recheio e cobertura trufada e coberto com mini-crisps).

 

Vejam Imagens no anexo.

 

 "Aceitamos encomendas!"

 

Promoção: Compre embalagem com 8 Cup Cakes e pague R$15,00

 

 

Aguardo contatos...divulguem para os amigos(RS)

 

Obrigada e um grande abraço!

 

Karin Hessel

secretária

SIP/SGPC - DMP - ACRF

Tel.: (11) 5029-4210

e-mail: karin.hessel@itau-unibanco.com.br

endereço: Centro Empresarial Itau Unibanco

Torre Eudoro Villela - piso (-1) - seguir corredor

de vidro - à esquerda das catracas

 

"Esta mensagem é reservada e sua divulgação, distribuição, reprodução ou qualquer forma de uso é proibida e depende de prévia autorização desta instituição. O remetente utiliza o correio eletrônico no exercício do seu trabalho ou em razão dele, eximindo esta instituição de qualquer responsabilidade por utilização indevida. Se você recebeu esta mensagem por engano, favor eliminá-la imediatamente." "This message is reserved and its disclosure, distribution, reproduction or any other form of use is prohibited and shall depend upon previous proper authorization. The sender uses the electronic mail in the exercise of his/her work or by virtue thereof, and the institution accepts no liability for its undue use. If you have received this e-mail by mistake, please delete it immediately."

"Esta mensagem é reservada e sua divulgação, distribuição, reprodução ou qualquer forma de uso é proibida e depende de prévia autorização desta instituição. O remetente utiliza o correio eletrônico no exercício do seu trabalho ou em razão dele, eximindo esta instituição de qualquer responsabilidade por utilização indevida. Se você recebeu esta mensagem por engano, favor eliminá-la imediatamente." "This message is reserved and its disclosure, distribution, reproduction or any other form of use is prohibited and shall depend upon previous proper authorization. The sender uses the electronic mail in the exercise of his/her work or by virtue thereof, and the institution accepts no liability for its undue use. If you have received this e-mail by mistake, please delete it immediately."

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

RE: RES: Cup Cakes

Que beleza!
 
 


From: karin.hessel@itau-unibanco.com.br
To: poesia10@googlegroups.com
CC: marihesselpantolfi@gmail.com
Date: Thu, 28 Apr 2011 09:41:41 -0300
Subject: RES: Cup Cakes

Tarso,

 

Adorei a idéia de acompanhar nossas tardes de sábado com os "deliciosos Hessel's CupCakes".

 

Aliás, sinto que isso vai acabar em poesia...ou em algo parecido, como abaixo:

 

Sob a luz do céu cinzento

Eis a mente que se cala

Nada mais me traz alento

Tal qual chama que se apaga

 

Mas, que será tal formosura

Que colore este meu dia?

De sabor irresistível

Que parece poesia!

 

Oh! São bolinhos fascinantes

Tão fofinhos, sem igual

Meu coração se alegra

Como num dia de sol

 

Venham todos já provar

Que afinal, todos merecem

Quando a semana findar

e sábado a tarde chegar....

 

Oba! Hessel's CupCakes!!!! (no Tantas Letras, é claro!)

 

Beijos a todos!

 

 

 

Karin Hessel

secretária

SIP/SGPC - DMP - ACRF

Tel.: (11) 5029-4210

e-mail: karin.hessel@itau-unibanco.com.br

endereço: Centro Empresarial Itau Unibanco

Torre Eudoro Villela - piso (-1) - seguir corredor

de vidro - à esquerda das catracas

 

De: poesia10@googlegroups.com [mailto:poesia10@googlegroups.com] Em nome de tarso de melo
Enviada em: quinta-feira, 28 de abril de 2011 09:14
Para: poesia10@googlegroups.com
Assunto: RE: Cup Cakes

 

Karin,
 
que legal! Como devem ser tão bons quanto bonitos,
pode até virar uma tradição nos encontros do TL!.
O problema é que teremos que reforçar as cadeiras...

E como é bom ter sobrenome chique, né? Hessel...
Até já parece coisa antiga e tradicional. Se fosse Silva
ou Melo, não teria o mesmo efeito. Imagine que lástima
uma empresa chamada "Melo CupCakes", fica até nojento
por causa do verbo "melar"... Vou ter viver de outra
coisa mesmo... Em Sto. André tem uma empresa que
se chama "Melo Eventos" - não é minha. Pelo nome, tudo
indica que se trata de uma empresa especializada em
estragar a festa dos outros. Até que deve ser divertido...
 
Abraço,
 
Tarso
 
 
 


From: karin.hessel@itau-unibanco.com.br
To: poesia10@googlegroups.com
Date: Wed, 27 Apr 2011 16:58:27 -0300
Subject: Cup Cakes

Amigos,

 

Minha filha está fazendo "Cup Cakes" para vender.

 

Estamos, por enquanto, trabalhando com os seguintes sabores:

 

·         Cenoura com Chocolate (bolo de cenoura com recheio e cobertura de chocolate ao leite e granulado);

·         Brigadeiro (bolo de chocolate com recheio e cobertura de brigadeiro e confeitos coloridos);

·         Nutella (bolo de baunilha recheado de doce de leite com cobertura de Nutella e granulado);

·         Trufado (bolo de chocolate meio amargo com recheio e cobertura trufada e coberto com mini-crisps).

 

Vejam Imagens no anexo.

 

 "Aceitamos encomendas!"

 

Promoção: Compre embalagem com 8 Cup Cakes e pague R$15,00

 

 

Aguardo contatos...divulguem para os amigos(RS)

 

Obrigada e um grande abraço!

 

Karin Hessel

secretária

SIP/SGPC - DMP - ACRF

Tel.: (11) 5029-4210

e-mail: karin.hessel@itau-unibanco.com.br

endereço: Centro Empresarial Itau Unibanco

Torre Eudoro Villela - piso (-1) - seguir corredor

de vidro - à esquerda das catracas

 

"Esta mensagem é reservada e sua divulgação, distribuição, reprodução ou qualquer forma de uso é proibida e depende de prévia autorização desta instituição. O remetente utiliza o correio eletrônico no exercício do seu trabalho ou em razão dele, eximindo esta instituição de qualquer responsabilidade por utilização indevida. Se você recebeu esta mensagem por engano, favor eliminá-la imediatamente." "This message is reserved and its disclosure, distribution, reproduction or any other form of use is prohibited and shall depend upon previous proper authorization. The sender uses the electronic mail in the exercise of his/her work or by virtue thereof, and the institution accepts no liability for its undue use. If you have received this e-mail by mistake, please delete it immediately."

"Esta mensagem é reservada e sua divulgação, distribuição, reprodução ou qualquer forma de uso é proibida e depende de prévia autorização desta instituição. O remetente utiliza o correio eletrônico no exercício do seu trabalho ou em razão dele, eximindo esta instituição de qualquer responsabilidade por utilização indevida. Se você recebeu esta mensagem por engano, favor eliminá-la imediatamente." "This message is reserved and its disclosure, distribution, reproduction or any other form of use is prohibited and shall depend upon previous proper authorization. The sender uses the electronic mail in the exercise of his/her work or by virtue thereof, and the institution accepts no liability for its undue use. If you have received this e-mail by mistake, please delete it immediately."

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS